BIZARRO

Médicos, enfermeiros e Professores presos por tráfico de órgãos Humanos

Um grupo de Médicos, enfermeiros, Professores e funcionários de hospitais compravam órgãos dos pacientes e vendiam-nos com elevadas margens de lucro.

As autoridades egípcias desmantelaram aquela que dizem ser a maior rede internacional de tráfico de órgãos humanos. Ao todo, foram detidas 45 pessoas, entre as quais se incluem professores de medicina de universidades públicas e médicos de vários institutos de investigação.

Na operação realizada na madrugada desta terça-feira (e que resulta de uma investigação levada a cabo há vários meses) foram apreendidos milhões de dólares e lingotes de ouro, bem como material informático.

Segundo informou a Autoridade de Controlo Administrativo, uma agência egípcia anticorrupção, a rede era integrada por “egípcios e árabes que se aproveitavam das difíceis condições económicas de alguns cidadãos para comprar-lhes os órgãos a baixo custo e vendê-los a preços exorbitantes”.

Entre os detidos estão ainda, segundo informa o El Mundo, enfermeiros e funcionários de hospitais e clínicas, tanto legais como ilegais, bem como traficantes.

Fonte: Notícias ao Minuto

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: