POLÍTICA

FMI poderá retomar apoio a Moçambique no segundo trimestre de 2017

O Fundo Monetário Internacional (FMI) poderá voltar a apoiar Moçambique no segundo trimestre de 2017.

A garantia foi dada na capital moçambicana, Maputo, por Ari Aisen, representante permanente do Fundo Monetário Internacional.

O representante do FMI disse que Moçambique está a dar passos importantes para os três pontos que o FMI afirma serem cruciais para se retornar os apoios financeiros.

“Já houve um passo importante dado no sentido de reestruturar a dívida. As políticas macroeconómicas estão a ser ajustadas na direção correta. Na auditoria, que é um tema fundamental, houve um trabalho bastante intenso com a Procuradoria-Geral da República e espero que rapidamente tenhamos boas notícias”, disse Ari Aisen.

Importa referir, que os termos de referência para auditoria já foram discutidos ao alto nível, entre a diretora-geral do FMI, Christine Lagarde, e o Presidente moçambicano, quando Filipe Nyusi visitou Washington no passado mês de setembro, tendo insistido que essa é certamente uma condição importante para o reatamento do apoio.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. Ivone disse:

    Que seja um passo importante porque é população Moçambicana a sofrer neste caso.

  2. ArmindoRafael disse:

    Quero que o FMI não recua com a minestia que teu a Moçambique.por mais que vai levar o tempo para voltar apoiar a Moçambique

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: