POLÍTICA

Agente da PRM que comandava uma quadrilha assassina é preso em Manica

Nos últimos dias, a vila de Catandica, distrito de Barue, província central de Manica, vem registando um conjunto de perseguições e assassinatos a queima roupa.

Empresários, comerciantes e camponeses que vendem milho, feijões e outros cereais, tem sido as principais vítimas.

Essa situação fez com que a população nos arredores da vila da Catandica, abandonasse as suas residências, seus bens, famílias e negócios porque este grupinho quando chegava numa zona durante a calada da noite, roubava o gado, arrombavam as bancas e por fim incendiavam as bancas e as casas.

“Há dias atrás, um agricultor local foi vender feijão. Durante a noite, a quadrilha foi a casa deste agricultor para roubar e matar. Mas dessa vez os larápios deram-se mal, por que o genro do agricultor é um agente da Polícia da República de Moçambique.

Quando os bandidos cercaram a casa, a vítima ligou ao genro que rapidamente fez-se presente no local. Alguns bandidos conseguiram fugir, mas o chefe do grupo foi neutralizado.

A máscara caiu, o larápio é um agente da PRM, conhecido na praça como Dércio. Encontra-se detido nas celas do comando distrital de Bárue.

Pelo incrível que pareça, a PRM ao nível do Distrito de Bárue está a esconder este ladrão, criminoso que andou a matar tanta gente por dinheiro… O povo exige justiça”, disse um dos testemunhas contactado pela nossa equipe de reportagem.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Este indivíduo merece julgamento e condenar.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: