POLÍTICA

“As armas não vão resolver o problema desse país, pelo contrário vão criar mais desgraças” diz Muchanga

Durante o programa Resenha Semanal da TV Miramar apresentado no Domingo passado, o porta-voz e deputado da Renamo, António Muchanga, começou por invocar o nome de Deus, pedindo que ele conserve a alma dos moçambicanos que tombaram nas matas de Macossa.

“Quero rogar a Deus pedindo que conserve a almas dos moçambicanos, cujos os corpos estão a ser descobertos na região de Macossa, por que são pessoas que morreram sem culpa nenhuma”, disse António Muchanga.

“Quero apelar a Deus, pedindo em oração, que inspire os líderes desse país que assumam de uma vez por todas que as armas não vão resolver o problema desse país, pelo contrário, vão criar mais desgraças, aliada pela crise do bolso que nos arranjaram só piorará a vida de todos nós, incluído a vida daqueles que vivem nas fortalezas, esta crise vai entrar nas fortalezas por que os produtos irão custar mais caro”, sentenciou António Muchanga.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários

  1. Luis Armazia disse:

    A Renamo mata e depois encomenda as almas dos malogrados para Deus as conservar…..caricato este apelo.

    • Armando Jose disse:

      O Sr voce é que matou porque tu és da frelimo nao pense que a popualacao esta obssecada nao e nem poderia comentar cara sem vergonha agora estes seus bandidos porque negam das valas encontradas és mesmo grupo de Galiza de lambebotas que Muchanga vos repara na testa. e comente do dinheiro que roubaram os seus amigos…..

  2. Bene Aranike disse:

    Sr. Muchanag o povo moçambicano não é e nunca foi palhaço, o teu pedido devias fazer a si mesmo sendo um dos promoteres da guerra civil, dizendo isto hoje e amanhã outra coisa para enganares o povo em como você sempre foste santo. Pare com besteiras!!!!!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: