POLÍTICA

Paulo Awade diz que os moçambicanos que se refugiaram ao Malauí são familiares dos homens da Renamo

Paulo Awade, governador da província de Tete, centro do país, disse que os poucos moçambicanos que se encontram nos campos de refugiado são familiares dos homens armados da Renamo e, acusou os guerrilheiros da Renamo de estarem a incendiarem casas da população de Nkondezi.

Paulo Awade

“Quem queima as casas vocês já sabem, são os homens armados da Renamo, quem é que ataca as populações é a Renamo. Quem faz os ataques ao longo das estradas? É o partido de Afonso Dhlakama. Essa é a essência da Renamo, os verdadeiros moçambicanos constroem e, ele vem destruir.

Veja Também:

Refugiados moçambicanos no Malauí acusam as FDS de assassinato e tortura

Cerca de 200 moçambicanos refugiam-se ao Malauí por dia devido aos conflitos militares

Ministro da Defesa nacional diz que Dhlakama continua na cidade da Beira

Aqueles que estão no Malauí são os deslocados e, se verificar bem irás notar que no Malauí tem mais crianças e mulheres, que são as crianças e mulheres dos homens armados”, sentenciou

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. Miro Machanguana disse:

    Sucaaaaaaa!

    • Realmente, as FDS estao com a mesma attitude do Governador AWADE. Se se tomar em conta que os que foram no Malawi sao familiars dos homens da Renamo, ha razoes claras de serem espancadas, maltratadas e queimadas dentro das suas casas!!!!! Agora pergunto o proprio AWADE se ele nao tem nenhum familiar da Renamo!!!! se ee que tem temos que te queimar tambem???
      Nao deve dizer isso camarada Governador!!! todos somos irmaos e mocambicanos, temos que respeitar a opiniao dos outros que reclamam a injustice de roubo, neputismo, labebotismo, corrupcao!!! tudo isto e o que esta a fazer de Mocambique a viver em situcao dificil camarada!!!!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: