SOCIEDADE

Mãe irritada com choro mata próprio filho em Nampula

A autora do crime disse ter ficado irritada com o choro do seu filho e decidiu acabar com a vida do menor. “Ele estava a chorar muito. Tentei amamenta-lo, mas não aceitou.

Chorou durante muito tempo, então fiquei irritada e peguei numa capulana e asfixiei-o. Depois de matá-lo, através de uma faca extraiu o órgão genital”, explicou ao “O País”, sem avançar as razões do acto macabro.

Para despistar a investigação, na noite do dia do crime, a adolescente fez uma queixa dando conta de um alegado rapto ao seu filho. A partir desse momento, a  polícia iniciou com diligências que culminaram com a descoberta do corpo do menor na lixeira.

Chegado ao local, o corpo do menor estava dentro de um saco envolvido de uma capulana e sem órgãos genitais.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: