POLÍTICA UTILIDADE

EDM precisa de oito semanas para resolver avaria na subestação da Matola

Oito semanas é o tempo necessário para a substituição da bobine que avariou na subestação do Fomento e teve como consequência a restrição no fornecimento de energia às cidades de Maputo e Matola.

Os especialistas, que estão no terreno a trabalhar para minimizar o problema, avançam que houve uma descarga atmosférica que enfraqueceu o transformador e avançam que o mesmo precisa de ser substituído.

Os técnicos moçambicanos estão a trabalhar com uma equipa de portugueses – estes últimos pertencentes a empresa que forneceu o equipamento a Electricidade de Moçambique. A informação foi avançada sábado por Pedro Gonçalves, um dos técnicos, durante a visita efectuada pelo ministro dos Recursos Minerais e Energia, Pedro Couto, as subestações de Infulene e Fomento.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: