POLÍTICA

28 Agentes do Estado moçambicano Serão Julgamento Por Desvio De Fundos A Partir De Hoje

Vinte e oito arguidos serão julgados a partir de hoje, em Maputo, acusados de desviarem 170 milhões de meticais (2,3 milhões de euros) do Fundo de Desenvolvimento Agrário (FDA).

Entre os arguidos está Setina Titosse, ex-presidente do FDA, que chegou a ficar detida, tendo sido libertada após pagar caução.

Em ligação com o caso, investigado pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC), as autoridades judiciais apreenderam dez imóveis, incluindo dois na zona turística de Bilene, sete viaturas, gado bovino e dinheiro.

De acordo com a acusação, a ex-presidente do FDA, em coordenação com outros arguidos, terá forjado projetos agropecuários, simulando o desembolso de dinheiro para financiar os mesmos.

Parte do financiamento seria destinada à compra de gado e uma parcela do dinheiro alegadamente depositado em bancos e depois transferida para a conta de Setina Titosse.

A ex-presidente do FDA é também acusada de ter ordenado o pagamento de subsídios em datas festivas, sem cobertura legal para o efeito.

 Fonte: Lusa

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.