POLÍTICA

Milhares foram às ruas no México protestar contra Donald Trump

Após verem o polêmico Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, mandar várias farpas ao governo Mexicano, milhares de mexicanos resolveram ir às ruas no passado domingo, para protestar contra Trump e seu projeto de construção de um muro na fronteira entre os dois países. Além da capital, protestos aconteceram em cidades de outros 15 estados.

“O México deve ser respeitado, Mr. Trump”, podia ler-se num imenso cartaz na frente da marcha, na Cidade do México, em meio às centenas de bandeiras mexicanas que coloriam o protesto.

“Estamos aqui para que Trump veja e sinta como todo um país, unido, se levanta contra ele e suas estupidezes xenófobas, discriminatórias e fascistas. O México não será seu escravo” disse uma estudante de Literatura Julieta Rosas, da Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) citado pela AFP. A mesma usava uma camiseta com o presidente americano com o bigode característico de Adolf Hitler.

“Todos somos migrantes, todos somos um. É hora de fazer pontes, não muros” — comentou José Antonio Sánchez, de 73, acompanhado da neta de nove.

“É hora de todos os cidadãos somarem esforços e unir vozes para manifestar nossa rejeição e indignação diante das pretensões do presidente Trump e, ao mesmo tempo, contribuir para a busca de soluções concretas”, convocou o movimento Vibra México, em sua página on-line.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.