POLÍTICA

Donald Trump manda Banir financiamento público para abortos

O novo presidente do Estados Unidos da América, Donald Trump, voltou a fazer das suas.

Dessa vez o magnata norte-americano, resolveu restaurar a proibição de financiamento público a grupos internacionais que realizam abortos ou dão informação sobre essa opção.

A legalização do aborto tem sido uma grande dore de cabeça para os Republicanos e os Democratas. A mesma foi imposta pelos Governos republicanos e revogada pelos democratas desde 1984.

Quando o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, tomou o poder em 2009, fez a questão de colocar um fim na proibição.

Trump assinou o diploma um dia após o aniversário, a 22 de janeiro, da decisão de 1973 do Supremo Tribunal Roe vs. Wade, que legalizou o aborto nos Estados Unidos — a data em que habitualmente os Presidentes decidem sobre esta matéria.

A legislação também proíbe financiamento com o dinheiro dos contribuintes para grupos de pressão que pretendem legalizar o aborto ou promovê-lo como método de planeamento familiar.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Alcinda da Conceição disse:

    Não se podia esperar outra coisa. Sair sem retaliações, tinha algo na manga. Governos africanos…

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: