POLÍTICA

Subiu para 100 o número de mortes da Tragédia de Caphiridzange

Subiu para 100 o número de mortes na sequência da explosão de um camião-cisterna carregado de combustível na localidade de Caphiridzange, distrito de Moatize, na província central de Tete.

Apesar de estarem preocupados com a situação de alguns doentes que precisam ainda de cuidados médicos intensivos, as autoridades da saúde naquela canto de Moçambique, dizem estar satisfeitas pelo facto de alguns doentes estarem a registar algumas melhorias.

Na tarde de ontem, quinta-feira (1/12), quatro doentes tiveram alta tendo regressado já ao convívio familiar, mas continuarão a fazer tratamentos ambulatórios nos hospitais próximos das suas residências.

Segundo avançou a agência Lusa, o governo de Tete diz que 23 doentes, dos quais sete crianças foram já submetidas a operações, estão a recuperar satisfatoriamente.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: