POLÍTICA

Homens Armados da Renamo atacam posto policial e libertam 48 reclusos

A polícia da República de Moçambique (PRM), acusou o maior partido da oposição na nossa pérola do “Atum”  de vários ataques no centro do país, avançou a Lusa.

Elsidia Filipe, porta-voz do comando da Polícia de Manica, avançou que os comandados por Afonso Dhlakama libertaram 48 reclusos na cadeia de Inhazónia e um assalto a uma unidade de saúde e a uma companhia agrária.

Os Homens Armados da Renamo roubaram no estabelecimento prisional fardamentos dos guardas prisionais, algemas e telemóveis.

Importa referir, que a crise política e militar começou após a divulgação dos Resultados das últimas eleições no país, onde Filipe Nyusi e o partido FRELIMO fora os grandes vencedores.

O partido liderado por Afonso Dhlakama, reivindica vitória em seis províncias, e exige ao governo central autonomias das mesma.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. Neunilton C.Julio disse:

    Por os acontecimentos d Mz faz cansar d viver do povo d mz,eu sempre cansado d xpera o mandado d Afonso como presitnd mz,com ele eu vou ficar bm fora da Frelimo manhoso.

  2. Neunilton C.Julio disse:

    Quero mz em Afonso cmo presitnd

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: