POLÍTICA

Armando Guebuza prestou esclarecimentos sobre dívida pública

O antigo Chefe do Estado moçambicano, Armando Guebuza, foi ouvido hoje pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as polêmicas dívidas “oculta”.

Segundo avançou O PAÍS, Armando Guebuza chegou à sede do parlamento por volta da 8:50h, para a audição que iniciou às 9horas, em sessão à porta fechada.

Perante os membros da CPI, Guebuza teve que prestar esclarecimentos sobre os contornos das dívidas contraídas sob garantias do Estado, para financiar as operações das empresas Ematum, Proindicus e MAM, durante o último ano do seu mandato.

Importa Referir, que a CPI já ouviu diversas figuras consideradas interventivas no processo do endividamento, com destaque para o antigo ministro da Finanças, Manuel Chang, mas Guebuza é considerado a figura-chave e por isso foi deixado para o fim do processo.

O relatório da CPI deverá ser submetido ao parlamento nesta quarta-feira.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

20 Comentários

  1. Qual o resultado colhido no esclarecimento?nao me digam que so estao para atrapalhar o povo enquanto nada que vai mudar!

  2. António muianga disse:

    More power CPI Moçambique mais do que nunca precisa e quer saber como foi endividado o país

  3. Luis disse:

    Que mudanças isto vai trazer para o País?
    Será que alguem vai devolver o dinheiro?
    Se dívida é, então que se espere para que este assunto se resolva.

  4. Lilass disse:

    Xperu k seja claro

  5. Francelino disse:

    Espero que a nova vacina funcione de verdade porque há muita gente que sabendo e outra não está sofrendo por causa desta pandemia incluindo eu mesmo, então é de louvar e que seja muito bem vinda essa vacina, boa tarde

  6. Lilass junior marenga disse:

    O mais importante é que o povo miçambicano fique exclarecido com a divida…. e se existe alguem no meio dissu tudo entao k seja punido

  7. saudações…….,nao vou criticar como intelectual porque ainda nao é tempo oportuno. Mas acho que ainda nao ha esclarecimento apenas se anunciou que Guebuza foi convidado para ser ouvido. É preciso esclarecer sobre o destino do montante.

  8. cadalamba disse:

    isso ja tem todo relatorio feito. isso apenas para o peixe comer a isca.

  9. adolfo miguel disse:

    O povo quer k ese sinhor Armando cuebuza seja preso

  10. gracas raul disse:

    tinha que conter a palavra chave do seu depoimento

  11. juvenancia disse:

    O povo moçambicano está passando mal dá subida dos preços

  12. sabão joão Chamunorga disse:

    Sou pai de 2 filho que tão a estudar na escola privada,O meu salario mensal é de 4198 onte comprei saquito de arroz por 1020, e 5litro de oleo por 510,caldo 150, fatura de agua paguei por 347, um saco de carvão de carvão por 410,farinha por 950.até quando que eu edi viver desta maneira? CADA UM É RESPONSAVEL POR SEUS ATOS NE?

  13. Amido Mussa disse:

    A crise economica de Moçambique, está nas mãos do Sr. Guebuza, só ele pode resolver esta situação. Os mediadores estão aqui para resolver a situação politica militar, não economica.

  14. Mariquel disse:

    Quero acreditar que e uma nova agina na historia deste pais quando um presidente e chamado a esclarecer assuntos tao delicados em forma de inquerito. Democraticamente aceite a medida ora em questao. Mas tambem quero acreditar que inquirir qualquer que seja o cidadao nao significa ter sido encontrado a pessoa que deliberadamente tenha orquestrado as dividas ocultas para seu beneficio, trata-se sim de um inquerito cuja finalidade sera determinada pela comissao encarregue.

  15. Frenk Langa disse:

    O povo precisa de esclarecimento sobre a divida publica

  16. Falume atibo disse:

    Ele exajerou muito bastante com as dividas do cara.k o governo li Julie.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: