POLÍTICA

“O assassinato de Pondeca não deve impedir a PAZ” diz Coordenador dos mediadores

O coordenador dos mediadores no diálogo político entre as delegações do governo e da Renamo, Mario Raffaelli, que chegou no passado domingo (9) na capital moçambicana, Maputo, com o objectivo de comunicar às partes o pedido de adiar a retomada do diálogo político até 18 de Outubro. Defende que o assassinato de Jeremias Pondeca, chefe da delegação do maior partido da oposição na nossa pérola do “Atum”, não pode constituir um impedimento para se alcançar uma paz efectiva no país, avançou a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Raffaelli assegurou ainda que só com o fim da violência pode ser construída, de facto, uma paz verdadeira e durável.

Através de um comunicado enviado pela União Europeia, o coordenador considera o assassinato do membro sénior do partido liderado por Afonso Dhlakama como um acto horrível e condenável.

O comunicado diz ainda que Raffaelli manteve encontro em separado com as duas delegações da Comissão Mista, nomeadamente, a do governo e a da Renamo, sublinhando que, durante o interregno, vai continuar a manter contactos com as partes.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

3 Comentários

  1. Osvaldo Buque disse:

    Não vej a razão d tata morte onde choramos pela paz e emprego,,tams farto d chá d doce, feijão e farinha amarelo,falo d fome

  2. omardine juma disse:

    mais seraq ate quand vai-se realizar paz? cada vez mais adeam os dia

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: