POLÍTICA

Esquadrão da Morte assassina mais um membro da Renamo

A crise Política e Militar que vem se alastrando desde a divulgação dos Resultados das últimas eleições Gerais, em que Filipe Nyusi e o partido dos camaradas foram os grandes vencedores, continua ceifando vida de muita gente.

Fontes próximas do maior partido da oposição da nossa pérola do “Atum”, avançaram que mais um dos seus membros foi assassinado por esquadrão da Morte.

Trata-se de Juma Ramos, chefe de mobilização da Renamo ao nível da segunda maior cidade de Moçambique, Beira, província central de Sofala.

Até ao momento, são poucas as informações e detalhes sobre a morte do membro do partido comandado por Afonso Dhlakama.

Importa referir, que um grupo armado disparou vários tiros que atingiram mortalmente Luciano Augusto, dirigente da RENAMO, no quintal da sua residência na noite de quinta-feira (27.10.), quando regressava do trabalho, disse à agência de notícias Lusa, Abdala Ibrahimo, delegado político provincial do maior partido da oposição.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

7 Comentários

  1. Maria Lucia disse:

    Tudo bem…. eu acredito que possam existir esqudrões de morte entretanto gostaria de perceber porque morrem tanto membros da Renamo como os da Frelimo. Quando são membros da Renamo a Morrerem diz-se que são esquadrões da morte….. e quando são membros da Frelimo a morrerem…. quem os mata???? São esquadrões de………..?

  2. Domas disse:

    Um grande apelo ao governo que nso façam ouvidos de mercador o assunto é serio nao muito distante podemos passar de guerra nas matas para uma guerra civil nas cidades isto esta levar a um outro rumo. Hoje é membro da frelimo assassinado por homens armados da renamo depois é membro da renamo assassinado por desconhecidos daqui a nada vsi ser partido contra partodo em declarado seguirá etnia povoado circulo post admintrativo cidade. Ate regiao .nesse momento talvez é que entenderao que de pewueno se torce o pepino.porque nao se explica que quando é membro da opsiçao ao governo dia a ser assassinado nunca se se sabe explicar ou identificar é sempre desconhecido e quando for do partido no poder em tempo recorde explica se”homems armados da renamo” mesmo acontecendo em sitio onde é dificil acesso a investigaçao esclareçe em tempo recorde perdoem nos nos nao fizemos nem ssbemos de nada

  3. Amido Mussa disse:

    Maria Lucia, a resposta da sua pergunta vai me deixar claro. Quando morre da frelimo dizem a Renamo é matou, e da propria Renamo quem mata?

  4. Helena disse:

    Acredito até que em alguns casos a morte de alguns membros da Frelimo sejam também pelos esquadrões da morte. Queimas de arquivo

    • Maria Lucia disse:

      Penso que a Helena tem muita razão….. nunca há rastreio e que sejam levados à barra de Justiça de ambos os lados…. ouviu-se quando foi baleado um membro da Renamo que felizmente não foi mortal, estes não quiseram cooperar para se esclarecer o caso…. morre alguém da Frelimo não se esclarece o caso…. morre um cidadão de vez em quando aparecem os malfeitores…. estou em crer que essas mortes dos membros dos partidos deve ser mesmo limpeza do arquivo….

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: