POLÍTICA

“A paz é sagrada para o povo de Moçambique” diz Afonso Dhlakama

Em contacto com a Agência Lusa, o líder do maior partido da oposição na nossa pérola do índico, Afonso Dhlakama, disse que espera o regresso das negociações com o governo, apelando a todos ao diálogo, apesar do homicídio do seu representante nessas conversações.

“Estamos à espera de podermos continuar com as negociações a partir de Segunda-feira, em Maputo”, disse à Lusa Afonso Dhlakama, lembrando que todas as partes devem aceitar que “a paz é sagrada para o povo de Moçambique”.

O número um da Resistência Nacional de Moçambique, assegurou que tudo fará para que Moçambique volte a estar em PAZ.

“Agora, única maneira de agir é continuar a lutar até chegarmos ao objectivo de devolvermos a paz e a democracia em Moçambique, com as instituições judiciais a funcionarem de modo a fazer vingar a nossa democracia”, disse Dhlakama citado pela Lusa.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Sabonete Lucas disse:

    Seria mais eficaz se o presidente Afonso Dhlakama continuasse a resolver problematização sobre a paz em Moçambique, de maneira que o povo viva com a tranquilidade. Essa perspectiva que fez de 60 dias, aumentasse para ser sempre.
    Para que houvesse uma colaboração com o presidente, Nyusi que também luta pela paz em Moçambique. Porque sem paz nada é feito, nem desenvolvimento, tudo é retrocesso.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: