POLÍTICA

“A Renamo não tem consciência humanitária” diz Edil de Sussundenga

Os Homens Armados da Renamo continuam a fazer das suas na região centro da nossa Pérola do “Atum”, mas precisamente nas províncias de Manica e Zambézia.

Falando a população da Vila sede do Distrito de Sussundenga, o edil daquela Autarquia, Venâncio Chacai Veremo, elogiou a delegação do governo no processo negocial e criticou a Renamo.

Veremo chegou a afirmar que os Comandados Por Afonso Dhlakama não tem uma consciência Humanitária.

“Eu considero a parte do governo como sendo um grupo sério, capaz de levar  a vontade do povo moçambicano para uma paz duradoura. 

Espero que a Renamo ganhe uma consciência, e entenda que não pode prejudicar os moçambicanos .

As pessoas não conseguem circular  dentro do país a vontade, devido os ataques da Renamo, e esses são sinais de que a Renamo não tem esta consciência humanitária, porque optam por caminhos de má fé. 

O governo é forçado a fazer o trabalho de auto defesa protegendo as pessoas.

O meu apelo é que a Renamo deve aceitar o diálogo e abandonar os ataques”  disse Veremo, citado pelo cmcsussundenga.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. E a FRELIMO tem consciência humanitária??

  2. Waru waru disse:

    Ñ acredito a Frelimo esta o povo é a Frelimo que esta provocar tudo isso

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: