BIZARRO

Portugal: Quem faz sexo com Moçambicano não pode doar sangue por 1 ano

Segundo uma norma da Direcção-Geral de Saúde de Portugal, as pessoas que tiverem relações sexuais com indivíduos de países que supostamente têm epidemia do VIH/sida entre os quais estão incluídos Angola, Moçambique e a Guiné-Bissau, ficam impedidas de doar sangue por um ano.

A suspensão de doze meses é a mesma aplicada aos homens que fazem sexo com homens (HSH), grupo que anteriormente não podia dar sangue em nenhuma hipótese.

O mesma norma é válida para quem teve relações, com utilizadores de droga, e portadores de hepatipe B e C.

A suspensão engloba ainda quem teve relações sexuais com pessoas contaminadas com o VIH e que não tenham sido contagiadas pelo vírus.

Segundo a DGS, estes grupos incluindo angolanos são “sub-populações com risco infeccioso acrescido para agentes transmissíveis pelo sangue” e com “elevada prevalência de infecção”.

De acordo o Programa das Nações Unidas para o Combate à Sida, a seroprevalência em Angola entre adultos de 15 a 49 anos é de 2,2 por cento.
Em Moçambique, outro país listado entre os que têm epidemia de VIH/sida, a seroprevalência no mesmo grupo é de 10,5 por cento.

Fonte: RA

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. rasse augusto salamo rasse disse:

    gente… até falando sério assim tambem nao a… eu sou um movambicano. entao cuidado com os voces postez

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: