POLÍTICA

“O povo não tem dinheiro para comprar pão, mas eles estão a comprar armas” diz Daviz Simango

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Daviz Simango, trabalhou no Sábado passado na cidade Portuária de Nacala e exigiu o fim da crise política e militar que vem se alastrando desde a divulgação das últimas eleições gerais, realizadas em Outubro de 2014.

“É muito urgente que parem com essa guerra, o povo está morrer a fome, o bolso não tem dinheiro para comprar pão, o bolso não tem dinheiro para comprar farinha, o bolso não tem dinheiro para comprar açúcar, mas eles estão a comprar armas, por que é que não pegam ele dinheiro das armas e darem comida ao povo.”

Numa outra abordagem, o Daviz Simango, disse que o governo deve explicar ao povo moçambicano onde é que o dinheiro emprestado foi parar.

“Eles sabem ondem puseram o dinheiro, por que não compraram medicamentos para o povo, não construíram escolas para nós, não construíram hospitais para nós, não fizeram estradas, não criaram empregos para nós, o dinheiro está no bolso deles, então que devolvam o dinheiro do povo.”

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: