BIZARRO

Ministério da Educação introduz detectores de metais para combate à fraude académica

Governo moçambicano introduziu novo mecanismo para combater a fraude académica. O mesmo resolveu usar detectores de metais para evitar que os alunos entrem na sala de exame com telemóveis.

A medida entrou vigor na passada segunda-feira (15), dia do arranque dos exames extraordinários, na capital moçambicana, Maputo.

O porta-voz do MINEDH, Ivan Collison, em contacto com o Jonal Notícias, disse que com o andar do tempo a medida irá ser aplicada de forma gradual um pouco por todo o país.

Importa referir, que a medida surge após verificar-se que muitos casos de fraude académica nos testes envolvem o uso de telemóveis, através dos quais os alunos recebem respostas de colaboradores fora da sala.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: