POLÍTICA

“Quero a governação imediata das seis províncias” diz Afonso Dhlakama

Durante a presente semana, o líder do maior partido da oposição em Moçambique, Afonso Dhlakama, concedeu uma entrevista ao semanário Canal de Moçambique.

Na referida entrevista, o líder da “perdiz”falou um pouco sobre o encontro com o presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi.

Dhlakama disse que Não vou negociar por negociar. Quero coisas concretas. A governação imediata das seis províncias e a restruturação das forças de defesa e segurança. Sem isso nada feito”.

Numa outra abordagem, o líder da Renamo voltou a falar sobre os ataques que tem vindo a sofrer na serra da Gorongosa. 

“Eles continuam a acreditar que não me vão matar ou capturar. Nyusi enviou aqui para Gorongosa, o Major-general Lázaro Henriques Minete, actual comandante do exército, o comando nacional da FIR, o Brigadeiro Muianga, o director da informática Militar e do reconhecimento, o Brigadeiro Maurício e o vice comandante de instituto superior de estudo de defesa ‘Tenente Armando Ematum Guepato’, Francisco Zacarias Mataruca, para me apanharem. Dizem que vão me apanhar até ao dia 31 de julho'”, acrescentou.

Antes de terminar a entrevista, Afonso Dhlakama mandou um recado as autoridades moçambicanas.

“A mensagem que eu tenho para eles, é que estão a brincar. Vão acabar. E eu sei onde eles estão! “, sentenciou o líder da Renamo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. cremildo magalo disse:

    continua

  2. Danylo disse:

    Porquê assinou os acordos gerais da PAZ sabendo que vai ser o 1° a violar?
    Isso é ×0, um país nunca é governado por dois presidentes, é aceitar a derrota e reconhecer os erros que ta cometendo, tirando as vidas humanas só para alcançar algo que jsmais irá acontecer.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: