POLÍTICA

MDM diz que os moçambicanos perderam confiança na Justiça

A bancada parlamentar do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) não ficou satisfeita com o informe anual da Procuradoria-Geral da República.

Para os comandados por Daviz Simango, o povo moçambicano perdeu confiança nas instituições de justiça, e uma das provas são os elevados casos de linchamento que o país regista de forma sistemática.

“O Estado deve servir aos cidadãos e não se preocupar em encher os bolsos dos administradores. A PGR deve prover justiça de forma transparente, porque é dever e não favor que o Estado tem para com os moçambicanos”, disse Geraldo Carvalho.

Numa outra abordagem, o MDM avançou que o que a Procuradora fez na sua intervenção foi apresentar uma acta de ocorrências e não um informe, criticando, igualmente, a nomeação de procuradores pelo Presidente da república baseada na confiança política. Para o efeito, na opinião do partido, urge rever a Constituição da República para que Moçambique deixe de ser o expoente de corrupção e fraude em África.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.