POLÍTICA

FMI diz que alcançou progressos sólidos com o governo moçambicanas

Encontra-se em Moçambique, uma missão técnica do Fundo Monetário Internacional (FMI). A mesma pretende avaliar o impacto das chamadas dívidas escondidas.

Durante um rápido contacto que teve com a imprensa ontem, quarta-feira, a FMI diz ter alcançado progressos sólidos nas discussões que vêm mantendo com o governo moçambicano.

“Tivemos muito boa troca de pontos de vista com o primeiro-ministro, com o ministro da Economia e Finanças e outros dirigentes, conseguimos progressos sólidos nas discussões sobre a avaliação da economia e em relação às futuras discussões entre o FMI e Moçambique”, disse o chefe da missão, Michael Lazare.

Lazare falava após um encontro com o primeiro-ministro moçambicano, Agostinho do Rosário, e com o ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, no âmbito de uma visita ao país, para a avaliação das implicações das dívidas que o Governo moçambicano contraiu entre 2013 e 2014, fora das contas do Estado.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: