POLÍTICA

Conselho Nacional de Defesa e Segurança exige que a Renamo pare com os ataques

A decisão foi tomada durante a IV reunião do Conselho Nacional de Defesa e Segurança (CNDS) que foi dirigida pelo Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, na capital Moçambicana, Maputo.

O (CNDS) pediu a cessação imediata dos ataques protagonizado pelos Homens Armados do maior partido da oposição no país, com vista a permitir a restauração da ordem, segurança e tranquilidade públicas, bem como, a livre circulação de pessoas e bens no nosso solo pátrio.

Segundo avançou a Agência de Informação de Moçambique (AIM), Durante a referida reunião, o CNDS também analisou a situação da ordem e segurança pública, particularmente a situação político-militar, a alegada existência de vala comum no Posto administrativo de Canda, no Distrito da Gorongosa, província central de Sofala, criminalidade e acidentes de viação.
Sobre a alegada existência de vala comum em Canda, o CNDS encoraja os órgãos competentes a prosseguirem com as suas investigações, até ao esclarecimento do assunto.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: