POLÍTICA

Ao estilo de Estado Islâmico, raptores provam que Danish Satar está vivo

Ao estilo do famoso grupo terrorista, Estado Islâmico, os raptores do sobrinho do empresário moçambicano Momade Assife Abdul Satar, popularmente conhecido por Nini Satar, voltaram a dar prova de vida.

Fonte próxima da família de Danish Abdul Satar, avançou que os raptores exigem  10 milhões de dólares, para soltar a vítima.

Dinis Satar

Importa referir que Danish Abdul Satar foi raptado dias depois de ter sido restituído em liberdade pelo Tribunal Supremo, na sequência do processo em que era indiciado pelas autoridades judiciais pelo seu envolvimento nos raptos que desde 2011 acontecem nas principais cidades de Moçambique.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

3 Comentários

  1. Leonardo disse:

    Muito triste o que tem acontecido ultimamente no nosso país.

  2. pedro disse:

    Esse mundo já é outro até publicao rapto. O mundo ja virou d pernas pra o ar.

  3. o pais, escolhido e feito pela frelimo.
    ate quando isto? dinheiro, a nao existe, tudo esta caro,no meio duma guerra,, justica nao ha…
    doi-me bastante so de saber que sou nacional, e que nao posso fazer nada p ajudar o pais.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.