POLÍTICA

Afonso Dhlakama abandona ideia de Governar a Força

O líder do maior partido da oposição em Moçambique,Afonso Dhlakama, disse na quarta-feira passada (01), que abandonou a ideia de governação à força nas seis províncias onde alega ter vencido as eleições gerais no país.

O líder da “perdiz” manifestou esta decisão, em teleconferência com jornalistas da capital moçambicana, a partir das matas da Gorongosa, na província central de Sofala.
“Nós tínhamos planificado que a partir de Março iríamos governar à força. Que iríamos entrar nos distritos e correr com os administradores. Vi que seríamos considerados belicistas. O mundo não nos iria entender, iriam dizer que são negros, por isso, fazem a guerra”, disse Afonso Dhlakama, citado pelo jornal electrónico Mediafax.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. joao disse:

    a politica de mudar mudar ideia nao ajuda so fraquece o povo

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: