POLÍTICA

Membro da Renamo escapa à morte após ter sido baleado em Manica

A perseguição de membros, apoiantes e simpatizantes do maior partido da oposição no país continua na região centro da nossa pérola do índico.

Em todas semanas são relatados casos de sequestros e assassinatos de membros do partido de Afonso Dhlakama.

O caso mais recente registou-se na província central de Manica, onde Bento Sabão, membro da “perdiz”, agora em cuidados médicos no HCM em Maputo, viu a morte por perto.

SABAO- membro da Renamo

Segundo avançou o portal O PAÍS, o referido membro da Renamo escapou à morte, depois de ter sido raptado e crivado de balas. O mesmo teve que ser transferido de emergência para tratamentos em Maputo, onde se queixa de estar a ser perseguido.

A vítima diz ter sido combatente da Renamo durante a guerra dos 16 anos, mas que agora dedica-se apenas à política. Nas imagens cedidas pela Liga dos Direitos Humanos, Sabão conta que foi raptado e remetido a um interrogatório, depois levado a uma mata onde foi regado de tiros que atingiram o seu braço e perna.

Segundo avançou a fonte citado acima, mesmo depois de ter chegado a capital moçambicana para tratamentos num esquema secreto com ajuda da Presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos, Bento Sabão diz que tem atravessado momentos de terror, uma vez que polícias à paisana têm rondado o Hospital Central de Maputo durante a noite, e já houve tentativa de o retirar do hospital, facto que não aconteceu graças à intervenção de outros doentes da enfermaria que ligaram para a Liga dos Direitos Humanos.

Alice Mabota, Presidente da Liga Moçambicana dos Direitos Humanos, diz que este episódio é a prova da existência do esquadrão da morte no país.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Geraldo Merasse disse:

    Senhores o terrorismo em conosco no pais so nos resta saber de onde vira o libertador

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: