POLÍTICA

“Isto que fizeram com Jaime Macuane não me intimida” diz Azagaia

Após ter sido raptado e baleado por indivíduos desconhecidos, na manhã de ontem, segunda-feira (23), em Marracuene, ao longo da estrada Circular de Maputo. Muitos moçambicanos solidarizaram-se com o politólogo moçambicano, Jaime Macuane.

Alguns acreditam que o baleamento de Jaime Macuane foi um aviso para as diversas personalidades nacionais, mas em particular os que tem o hábito de comentar sobre a situação da nossa pérola do índico (comentadores de programas de Rádio, Televisão, políticos e outros). Isto por que o politólogo sofreu o atentado uma semana depois de tecer duras críticas ao governo e, dias depois do líder do partido Ecologista, João Massango ter sofrido um atentado.

O músico moçambicano Edson de Luz, carinhosamente chamado de Azagaia com os fãs e admiradores, conhecido por dar várias “alfinetadas” ao governo moçambicano com as suas músicas, disse que não se sente intimidado.

“Isto que fizeram a este senhor não me intimida, só me dá mais coragem. Arriiiiiii

Povo no poder!”, escreveu Azagaia na sua conta pessoal do Facebook.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. neima disse:

    o povo no poder, ningem vai voltar atras. até anossa libertaçao esse partido stanos akabar pos apos dias

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: