POLÍTICA

Crise política e militar impede Dhlakama de jantar com o presidente português

Em contacto com a agência Lusa, Ivone Soa, chefe da bancada parlamentar da Renamo disse que o líder do maior partido da oposição no país, Afonso Dhlakama, disse que gostaria de jantar com o Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, mas está impossibilitado.

“Das razões que muito bem se sabe ele está na Gorongosa impossibilitado de poder estar aqui [Maputo] e cumprimentar o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa e isso cria algum constrangimento”, disse Ivone Soares, citado pela Lusa.

A sobrinha de Afonso Dhlakama frisou que um dos motivos que levaram o líder da Perdiz a ficar na parte incerta, é o conflito armado que  assola a região centro do país.

“O presidente Dhlakama é um homem que de longa data sempre teve uma relação de muito afeto com os portugueses e com Portugal e sempre defendeu a amizade e fortificação das relações bilaterais”, observou Ivone Soares, que falava à margem de uma visita de Marcelo Rebelo de Sousa ao parlamento moçambicano.

Importa referir, que Afonso Dhlakama consta da lista de convidados para o jantar que Marcelo Rebelo de Sousa oferece na sexta-feira em Maputo, tendo a SIC adiantado que o seu nome foi indicado para a lista de convidados pelo Presidente moçambicano, Filipe Nyusi.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: