POLÍTICA

Ataque dos Homens da Renamo ao autocarro da Nagi mata cidadã japonesa e faz 5 feridos

Depois de um período de ligeira calma, os Homens Armados da Renamo voltaram a carga. Ontem, Domingo (15), os comandados por Afonso Dhlakama, voltaram a atacar o autocarro da companhia Nagi Investimentos.

O referido ataque aconteceu em Murrotoni, no Distrito de Mocuba, na província central da Zambézia, por volta das 8 horas de ontem.

Durante o ataque, 5 pessoas ficaram feridas e uma cidadã de nacionalidade Japonesa perdeu a vida no local.

“Quando chegamos naquela zona de Murrotoni houve um tiroteio e, todo mundo teve que se esconder. Quando se apercebeu da situação, o motorista aumentou a velocidade, por que a intensão deles (Homens Armados da Renamo) era de furar pneus e, só fomos parar em Mocuba. A pessoa que estava no meu lado foi baleado na costela e no Braço ficou no hospital de Mocuba, outra que estava em frente de me acabou perdendo a vida”, disse um dos passageiros do autocarro atacado pelos Homens Armados do maior partido da oposição no país.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 Comentários

  1. Luis Armazia disse:

    Falando de curacao, não sei onde este Governo quer chegar com estes problemas. Achho que deveria suspender as actividades políticas da Renamo na Assembleia da República. Só assim …

  2. Nelito francisco vicente disse:

    Moçambique xta plantar bokuarã em seiox dos seu familiarex

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: