POLÍTICA

“A Renamo está tentando sequestrar o sonho de um povo” diz Filipe Nyusi

Durante durante a abertura da 4.ª sessão extraordinária da Associação dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLLN) de Moçambique, que decorre desde hoje, sexta-feira, na cidade da Matola, o chefe do estado moçambicano, Filipe Nyusi, acusou hoje o maior partido da oposição de Moçambique de tentar “sequestrar o sonho de um povo”.

“Observa-se uma tentativa de sequestro do sonho de um povo que se quer livre”, disse Filipe Nyusi, citado pela Lusa.

O chefe de Estado afirmou também, que os ataques dos Homens Armados da Renamo nas principais estradas do centro do país estão a prejudicar o desenvolvimento e revelam um desinteresse pelo bem colectivo.

Falando na qualidade de presidente da Frelimo, partido no poder, e por inerência da ACLLN, Filipe Nyusi assinalou ainda que o Governo moçambicano continuará a privilegiar o diálogo para a resolução da crise política, considerando-o o único caminho para a paz.

“A nossa maior força virá da conjugação da nossa inteligência, criatividade e habilidade para buscar soluções para paz”, sentenciou Filipe Nyusi.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: