POLÍTICA

Muchanga diz que “não há condições para a Renamo Governar”

Em contacto com a TV Miramar, o deputado e Porta-Voz do maior partido da oposição no país, António Muchanga, admitiu que o seu partido não está em condições de governar as seis províncias onde venceu as eleições gerais passada.

Muchanga voltou a apontar os confrontos militares como sendo o principal fator que inviabilizou a profecia de Afonso Dhlakama.

“Não há condições para que a coisa estivesse se materializado nos modos que estava previsto, por que houve muita confusão militar e, a Renamo não esperava tomar o poder com a força das Armas.

Portanto, neste momento foi imposta a Renamo confrontos militares. Portanto há esta a situação, não se pode avançar muito onde há confrontos, é preciso arranjar mecanismo para defender as pessoas.

No Domingo a tarde houve informações de confrontos em Inhambane reportado pelo Jornal Zambeze onde morreram pessoas. Fala-se agora de confrontos em Gorangosa. Quarta, Quinta e ainda hoje que gravamos o programa há disparos de B11 e, hoje alguém estava a me a falar que cerca de 23 Obuses foram disparados.

Portanto, de novo as crianças em Gorongosa não estão a estudar por que os confrontos militares estão a levar proporções lastimosas. Há muitos militares a morrer e, isto não fica bem”, disse António Muchanga.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. seguinte mateus sibanda disse:

    onde vams parar com essa situaçao,ns povo xtamos a pedir socorro xtsms a morrer sem sabr os prquem!

  2. Se vcs nao conseguem deixem o povo acabar com isso. E entregarem o pais nas maos dos portugueses pk era melhor k agora pois sabia se pk se lutava mais agora as coisas so acabam em cada um dos vcs gabinetes.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: