POLÍTICA

MDM exige presença de Filipe Nyusi no Parlamento para explicar dívidas

Daviz Simango, presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), exige a presença do Presidente da República, Filipe Nyusi, na assembleia da República para explicar as revelações de novos empréstimos contraídos no âmbito do caso Ematum, avançou a VOA.

O edil da cidade da Beira, província central de Sofala disse que o seu partido “vai solicitar um debate extraordinário na Assembleia da República e com o Chefe do Governo”.

Simango acusou o Executivo de apenas prestar contas no estrangeiro e de se comportar como no tempo de partido único.

“O Governo está disposto a explicar a Bruxelas e a enviar equipas para os Estados Unidos. Muito Bem. Mas a nossa soberania exige que o Governo se explique aos moçambicanos e na tribuna do Parlamento”, disse Daviz Simango, citado pela VOA.

Simango criticou o seu antigo colega, Filipe Nyusi, por debater as novas dívidas com o Comité Central da Frelimo e não informar os cidadãos.

“Em democracia os assuntos de Estado discutem-se nos órgãos de soberania e não nas salas das escolas de qualquer partido”, disse o presidente do MDM.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: