POLÍTICA

FDS recuperam o posto administrativo de Chemba após terem expulsado os homens da Renamo

Após ter desmentido a informação que dava conta que os Homens Armados da Renamo haviam ocupado um edifício estatal e um posto da Polícia da República de Moçambique (PRM) no posto administrativo de Chiramba, no Distrito de Chemba, na província de Sofala, centro do país, na passada Segunda-feira (25), o porta-voz da PRM, Inácio Dina, finalmente admitiu que a ocupação aconteceu, mas salientou que as Forças de Defesa e Segurança conseguiram expulsar os comandados por Afonso Dhlakama.

“Homens armados da RENAMO tentaram ocupar o posto administrativo de Chiramba, mas foram imediatamente rechaçados pela polícia e decorrem ações para neutralizar estes indivíduos”, disse Inácio Dina durante a conferência de imprensa de balanço semanal das atividades policiais.

Numa outra abordagem, Dina salientou que a situação já estava controlada pelas autoridades, acrescentando que a vida do distrito voltou a normalidade e que a polícia está no terreno para garantir a segurança das comunidades.

“A situação está controlada”, disse  Inácio Dina, acrescentando que não houve registo de vítimas mortais nem de feridos durante a ocupação da Renamo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: