POLÍTICA

“O importante é dar a cara, criar condições para que o problema se resolva” diz Nyusi

O chefe do estado moçambicano, Filipe jacinto Nyusi, durante a sua visita  a capital da União Europeia, Bélgica, mas concretamente na cidade de Bruxelas, assegurou que o Governo está a trabalhar a todo o vapor, para esclarecer com transparência o problema da dívida externa com o objectivo de restaurar a confiança junto dos credores e parceiros de cooperação que financiam o pais, avançou a Agência de Informação de Moçambique.

“Estamos a encarar com frontalidade o problema. Estamos a dar a cara de que o problema existiu em Moçambique. Estamos a abrir portas para que as coisas sejam entendidas e compreendidas’, disse o estadista moçambicano, vincando que ‘há optimismo e expectativa geral de que Moçambique pode explodir na positiva e crescer mais”, disse Filipe Nyusi citado pelo AIM.

Filipe Nyusi lembrou aos jornalistas durante a conferência de imprensa que, Moçambique não é dos países mais endividados do mundo. “As dívidas têm que ser sustentáveis”, acrescentando que o governo está empenhado em rapidamente restaurar a confiança dos parceiros financeiros para encarar os desafios de desenvolvimento.
Segundo avançou o AIM, Nyusi assegurou que os parceiros estão predispostos em colaborar com optimismo e encorajaram o Executivo a não se deixar intimidar com o problema.“Estamos a encontrar uma colaboração por parte do Fundo Monetário Internacional (FMI) para vermos se encontramos uma solução rapidamente e voltarmos a ajuda normal”, acrescentou Filipe Nyusi.

O  chefe do Estado moçambicano reiterou que há interesse em todos os parceiros em ajudar Moçambique a ultrapassar o problema.
“O interesse é construtivo. O importante é dar a cara, criar condições para que o problema se resolva”, disse.
A aposta do governo é de reestruturar todas as dívidas do país, incluindo a que envolve a Empresa Moçambicana do Atum (EMATUM).
“A dívida está reestruturada. Esperamos que as outras que possam acontecer sejam reestruturadas”, sentenciou Nyusi.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Manhungwe disse:

    Esse além de cínico e burro acha que é muito inteligente! E pensa que pode enganar manipular os mais ricos e mais desenvolvidos, como eles fazem com os mocambicanos! Ladrões sem vergonha.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: