POLÍTICA

Ministro dos Combatentes desmente existência de desertores nas FDS

Eusébio Lambo, ministro dos Combatentes, desmentiu a existência de elementos que desertaram das Forças de Defesa e Segurança.

Lambo disse que os elementos que desertaram do exército moçambicano durante o conflito armado dos 16 anos, pertenciam aos batalhões das extintas Forças Populares de Libertação de Moçambique (FPLM) posicionados em Manica.

O Ministro dos Combatentes desmentia assim informações que davam conta sobre a existencia de elementos das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) a desertar daquelas regiões  em resultado da presente tensão político-militar que se regista no nosso solo pátrio.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.