POLÍTICA

Estrangeiros Serão proibidos de possuírem lojas na África do Sul

Os estrangeiros que possuem lojas em spaza no Noroeste da vizinha África do Sul, terão que procurar lugares alternativos para seus negócios.

O chefe das províncias do Noroeste da África do Sul, Premier Supra Mahumapelo, quer que os residentes da província possuam as lojas.

De acordo com Mahumapelo, isso faz parte do seu plano para desenvolver a economia do Noroeste daquele país.

Mahumapelo falava na abertura oficial da casa provincial de liderança tradicional em Mahikeng.

“Vocês vão perceber que a maior parte das lojas pertencem a cidadãos estrangeiros, por isso uma das coisas que queremos atacar trabalhando com os líderes tradicionais, é que os nativos devem voltar as suas lojas “, disse ele durante a conferência de imprensa.

Importa referir que em certas províncias da África do Sul, lojas de estrangeiros estão sendo vandalizados pelos Sul Africanos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: