DESPORTO

Muro do Estádio Nacional do Zimpeto desaba e mata treinador nacional de natação

O sinistro aconteceu ontem, sábado (19), logo após a prova nacional de natação por volta das 19 horas, altura em que os participantes da prova e os espectadores recolhiam às suas casas.

Foi neste momento que foram surpreendidos por uma forte ventania que culminou com o desabamento do murro da piscina olímpica no Estádio Nacional do Zimpeto,  que acabou por tirar a vida do Treinador Nacional de Natação, Frederico dos Santos, que se fazia acompanhar com a esposa e filhos que tiveram ferimentos.

Em contacto com a Televisão de Moçambique (TVM), Gilberto Mendes disse que na altura de construção da piscina foram tomadas todas as precauções para construir-se o muro numa posição que pudesse aguentar ventos velozes. Porém admite que havia muita pressa em construir a piscina, tanto que a parede era muito longa e sem viga.

A Ministra da Saúde afirma que até ao momento algumas vitimas sobreviventes foram transferidas para os hospitais José Macamo (5 vítimas) e Hospital Central de Maputo (8 vítimas), entre as quais 3 inspiram maiores cuidados intensivos pois tiveram traumatismo crânio-encefálico, assim, esperam exame de TAC. A boa noticia em meio de tanta tristeza é que as vitimas estão conscientes.

O trabalho de perícia será realizado amanha logo nas primeiras horas do dia para se apurar efectivamente o motivo do sucedido. Assim, desde já, a piscina encontra-se encerrada.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: