POLÍTICA

FDS planeiam usar uniforme verde idêntico ao da Renamo durante as suas operações militares

Os confrontos entre as Forças Governamentais e os homens armados da Renamo na região centro do país parecem estar longe de cessarem.

Segundo fontes idôneas e bem colocadas no comando das forcas armadas da Frelimo soubemos que as FIR, FGF e também as FADM pretendem usar o fardamento verde típico dos guardas revolucionário da Renamo para fazer incursões militares nas matas mas continuarão a usar o seu uniforme militar habitual quando estiverem nas suas posições. Portanto, o fardamento da Renamo só será usado durante uma incursão nos bastiões da Renamo.

Objectivo do uso do fardamento da Renamo

Com esta imitação os militares ao serviço da Frelimo pretendem cometer uma serie de atrocidades e crimes contra o povo como queimar as palhotas, os celeiros, destruir as culturas nas machambas, violar mulheres, raptar e executar friamente indivíduos do sexo masculino confundidos como sendo guerrilheiros entre vários outros crimes e as populações locais ficarão apavoradas e fugirão para as zonas controladas pela Frelimo, pois, a verdadeira Renamo passara a ser vista como “bandidos armados” conforme propalava (e mentia) a propaganda da Frelimo sulista na guerra dos 16 anos. Quer dizer, o fardamento verde visa enganar a população, pois, os malfeitores vão pavonear-se que são mesmo elementos da Renamo.

As mesmas fontes informaram nos também que as unidades das FIR posicionadas em Muxungue e Inchope já receberam o tal fardamento verde da Renamo. Este fardamento e o que foi confiscado na residência do líder da Renamo nas Palmeiras em 09/2/2015, pois, existiam em grandes quantidades. As forcas da Frelimo apenas usarão este fardamento para cometer atrocidades em nome da Renamo.

Fir e Fadm Contestam O Uso Do Fardamento Da Renamo

As nossas fontes dizem que esta decisão emanada pelo Comando Geral em Maputo esta gerar controvérsia e descontentamento entre os militares pois alegam que isto não iria resultar em nada para além de ser muito desonroso, anti-ético e pesado despir a farda do estado e envergar o da Renamo. Não obstante a situação estar a gerar grande polémica, o Comando Geral em Maputo emanou uma nova ordem que ordena as FIR e FGF que instalem urgentemente um Estado-Maior em Muxungue, situado no distrito de Chibabava, província de Sofala, para confrontar a governação da Renamo em Marco.
A Renamo não vai tolerar nem permitir que a Frelimo cometa estes crimes contra o povo indefeso em nome da Renamo e tomara medidas preventivas adequadas para impedir.

Deserções em massa nas forças da Frelimo

Há também indicações de que todos os militares das FIR estão a sair do Sul para o centro norte mas acontece que grande parte dessas unidades quando chegam no centro e norte escondem ou deitam fora as suas armas, usam roupa civil e regressam as províncias de origem de machimbombos onde depois apanham outro meio de transporte e fogem para Africa do Sul. Alguns mais corajosos contactam a Renamo para juntar as suas bases ou posição com as das forças da perdiz.

Fonte: Unay Cambuma 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

5 Comentários

  1. Munyaradzi disse:

    A perdiz deve tomar o conhecimento desse assunto o mais urgente possivel para se prevenir a ajudar a populacao, ninguem deve atrapalhar a governacao da Renamo em Marco

  2. Biri disse:

    A situacao é descrita como triste e lamentavel para um governo dos mentirosos, sem plano de encontrar caminhos para a paz efectiva. Governo interessado em atrocidades do seu proprio povo, povo que lhe alimentacao. Vamos ser cauteloso e precavido em todos vertentes.

  3. neto inoque bione disse:

    mozmassoko da nos uma boas noticias de atualidade que eu tanto gosto. contenuem assim

  4. Sofalense disse:

    Essa idéia, das FADM usar fardas iguais äs da Renamo, me parece que já vem acontecendo! As atrocidades que muitas vezes são imputadas à Renamo, foram concerteza perpetuadas pela FADM, sem dúvida!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.