POLÍTICA

Frelimo denuncia rapto de seus dirigentes em sofala

A Frelimo ao nível da Província de Sofala, centro do país, denuncia casos de raptos e intimidações de seus dirigentes a nível de base, supostamente protagonizados pelos homens armados da Renamo, em seis distritos da província.

Trata-se dos distritos de Gorongosa, Maríngue, Cheringoma, Chemba, Muanza, Nhamatanda e Chibabava.

Em conferência de imprensa, esta sexta-feira, a secretária de mobilização, propaganda e organizações sociais do partido Frelimo, disse que a situação afecta igualmente as actividades da população daqueles distritos.

Segundo avançou a Rádio Moçambique (RM), Fátima Batalhão condenou com veemência aquelas acções e apelou a população a denunciar às estruturas competentes os indivíduos que tentam desestabilizar as comunidades.

Segundo Fátima Batalhão, no dia 11 de Dezembro findo, a Renamo raptou o primeiro secretário de um dos comités de círculo do distrito de Muanza, que até ao momento desconhece-se o seu paradeiro; no dia 26 de Dezembro último, no posto administrativo de Tica, foram raptados dois casais e libertos no dia seguinte.

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: