SOCIEDADE

Dhlakama confirma disponibilidade de Zuma e igreja católica

O líder do maior partido da oposição em Moçambique, Afonso Dlakhama, afirmou esta segunda-feira que o presidente sul-africano, Jacob Zuma e a igreja Católica, aceitaram o convite para a mediação do diálogo entre o seu partido e o governo.

 Afonso Dlhakama falava em teleconferência escutada num dos estabelecimentos hoteleiros da cidade da Beira, por quadros do seu partido a vários níveis e jornalistas de diversos órgãos de comunicação social.

“A igreja católica já manifestou prontidão. Essas coisas de mediação, é preciso que ambos os lados estejam disponíveis e é preciso também que o governo, a Frelimo também demonstre essa boa vontade. E também tenho indicações de que o presidente Zuma está disposto a ajudar os irmãos moçambicanos. Jacob Zuma não é para resolver tudo. É para ajudar. Ficar no meio entre a Renamo e a Frelimo” – disse o líder da “perdiz”.

O líder do maior partido da oposição sublinhou no entanto que se as condições estiverem criadas por parte do governo, a Renamo irá avançar para o diálogo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: