POLÍTICA

Daviz Simango reitera apoio a criação de províncias autónomas

Daviz Simango, reiterou ontem o apoio à criação de províncias autónomas, com eleição dos governadores provinciais, insistindo que a medida vai introduzir “cultura de responsabilidades” no Estado.

“Moçambique vive uma forte cultura centralista e hegemónica. É preciso contrapor a esta mentalidade, para um caminho consensual e uma política correcta”, disse Daviz Simango citado pela Lusa defendendo que só com o “voto do povo” o importante cargo administrativo poderá ser exercido de maneira democrática.

Daviz Simango1

O Edil da cidade da Beira, afiançou que Moçambique precisa de um Estado “menos centralizado e menos burocratizado”, sustentando que a revisão constitucional, poderia permitir “regras de jogo limpo”, com oportunidade de diversidade do mapeamento político, sem ferir a soberania do Estado.

“Num verdadeiro Estado de Direito, governa quem tem aval do povo e isto se faz através de voto nas urnas, de forma transparente, livre e justa” acrescentou Daviz Simango.

O líder do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), a terceira maior força política do país, defende ainda que com os novos órgãos eleitos pode melhorar a “interferência partidária”, que se aprofunda cada vez mais no Estado, fazendo com que os cidadãos cada vez menos critiquem, denunciem ou reclamem a violação dos seus direitos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Elias Mauro Matar disse:

    Bom site para os mocambicans se actualizarem…

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: