SOCIEDADE

Os resultados dos exames ordinários do Ensino Secundário Geral continuam a ser contestados

Reprovações em massa! As es­colas secundárias da Polana, Jo­sina Machel, Francisco Manyan­ga, Armando Emílio Guebuza e Eduardo Mondlane espelham os maus resultados dos exames na capital moçambicana.

Basta olhar as pautas afixadas nas es­colas para ver que numa turma de 70 alunos da 10ª classe, por exemplo, somente cinco alunos foram aprovados. Há casos em que, de 40 examinados, somente três foram aprovados.

O índice de reprovações es­tende-se aos examinados da 12ª classe, onde, num júri com 30 alunos, somente um não vai à se­gunda época. A secção de ciên­cias foi a que mais reprovações registou.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: