SOCIEDADE

Mulher é assasinada pelo marido e ainda é abusada sexualmente pelo próprio irmão

Na cidade de Xai-Xai, em Gaza, dois indivíduos estão a ver o sol nascer aos quadradinhos, indiciados de terem assassinado uma mulher de 38 anos

Presume-se que o esposo, suposto estrangulador da vítima, tenha tirado a vida a malograda na noite da terça-feira finda.

A corporação presume ainda que na madrugada do dia seguinte, o irmão da vítima terá visitado e mantido coito com a malograda, já sem vida. Os indiciados negam o seu envolvimento no crime.

O porta-voz da PRM em Gaza, Jeremias Langa, diz que os exames médicos confirmam a morte da vítima por estrangulamento e violação sexual pós-morte.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: