POLÍTICA SOCIEDADE

Deputado da Renamo acusado de ser um dos mandantes dos raptos

Um deputado da bancada parlamentar da Renamo, Sandura Vasco Ambrósio, está a ser investigado, depois de ter supostamente mandado sequestrar um jovem na cidade da Beira, em Sofala. Os sequestradores trabalham para uma empresa segurança dirigida pelo deputado.

O rapto não decorreu como o planeado, pois Manuel Francisco Saene foi raptado por engano por três homens armados que seguiam numa viatura de uma empresa de segurança privada. Os homens tê-lo-iam mantido em cativeiro durante várias horas, até o soltarem a meio da noite.

Manuel Francisco Saene: “Tentei fazer força e eles disseram que eram polícias secretos e perguntei o que queria e eles mandaram-me entrar para o carro. Depois entrei num quarto muito escuro, onde ninguém conseguia ver outra pessoa. Começaram a fazer perguntas, e aí já mudaram de voz, era uma voz grossa, e então mandaram-me falar a verdade.”

Um dos seguranças privados, Soares Faela Huo, confirmou citado pela DW África que as instruções partiram do chefe de operações e do director geral da empresa de segurança MAMBA, em que trabalhava: “Isso já percebemos com os chefes na direcção. Mas depois notou-se que a pessoa que procurávamos não foi a que prendemos. Não prossegui o caso, a arma não era da empresa de segurança, era dos polícias. Aqui houve interferência de nomes idênticos, mas depois notou-se que a dita pessoa não foi a sequestrada.”

O director-geral da empresa de segurança privada, Sandura Vasco Ambrósio, é também deputado na Assembleia da República pela bancada parlamentar da RENAMO. Após várias tentativas de contacto, Ambrósio disse desconhecer pormenores sobre o caso, remetendo o assunto para a Polícia de Investigação Criminal (PIC) na província de Sofala: “Não sei deste assunto, que eu saiba este caso está nas instâncias superiores. Agora, sobre este assunto não posso abordar nada porque o caso está lá para se confirmar.”

(Fonte – Folha de Maputo)

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário

  1. Que falta de profissionalismo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: