SOCIEDADE

Confronto entre a Renamo e as forças governamentais deixam “Escolas Vazias” em Moatize

O Governador da província de Tete, Paulo Awade, condena as ameaças, que estão a ser feitas pelos homens armados da Renamo, no distrito de Moatize.

As ameaças culminaram com o encerramento de dez escolas primárias. A situação afecta cerca de três mil crianças, cujos pais foram obrigados a abandonar as suas zonas de origem.

Referindo que os paises afiliados à Moçambique já se encontram a descutir assuntos ligados à confrontos entre as forças governamentais e a Reanmo, visto que o povo tem sido o alvo destes confrontos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: