SOCIEDADE

Cidadão moçambicano é burlado uma viatura no facebook

Redes de burla com recurso a cheques sem cobertura voltam a fazer vítimas na cidade de Maputo.

A última vítima perdeu uma viatura turismo

Depois de um ligeiro interregno, eis que voltam a carga os burlões de viaturas, na cidade de Maputo. É com cheques sem cobertura que os burladores conseguem, a custo zero, obter as viaturas colocadas a venda nas redes sociais e não só. O dono desta viatura é a mais recente vítima dos cheques carecas.

Mas afinal como é que funciona o esquema?

Uma vez a viatura colocada a venda, os burlões contactam o vendedor a questionar, primeiro sobre a integridade mecânica do carro. Segue depois o reconhecimento do mesmo e em seguida há manifestação de interesse pela aquisição.

Geralmente identificam-se como empresários bem sucedidos da praça, o que acaba por iludir as suas vítimas que facultam os números das suas contas bancárias para o depósito do valor da compra do carro.

Já munidos de comprovativos de depósito do valor, estes pressionam as vítimas a entregar a viatura. Incautos os legítimos proprietários das viaturas confundem o saldo contabilístico do disponível. Caem na armadilha e entregam as viaturas.

O que depois se segue é uma dor de cabeça. Três dias depois do depósito do cheque o valor é debitado. Números de telefone usados para a burla desligados. (MIRAMAR)

Loading...

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: