POLÊMICAS POLÍTICA UTILIDADE

Maputo-Katembe: Centenas de passageiros ficaram retidos no meio do mar

Centenas de passageiros ficaram retidos no meio de mar, na noite da quarta-feira, da semana passada, depois que uma das principais embarcações que faz a travessia Maputo-Katembe embateu contra uma barreira.

As imagens foram captadas por um vídeo amador e mostram a embarcação entre o mar e a terra logo depois de ter embatido contra uma barreira de pedras montada para evitar a erosão.

FERRY

A embarcação já estava perto da ponte-cais prestes a atracar quando o incidente ocorreu por volta das 18h40. A bordo vinham centenas de pessoas, incluindo crianças, que entraram em pânico.

Os momentos de desespero foram longos, tendo em conta que o socorro levou horas a chegar. Pessoas que vivem perto da ponte cais e alguns elementos da marinha improvisaram escadas para evacuar os passageiros. A saída foi condicionada, só podia desembarcar uma pessoa de cada vez.

Um dos passageiros a bordo é o antigo membro da Comissão Política do partido Frelimo e ex-deputado, Teodoro Waty, que se viu obrigado também a descer pelas escadas improvisadas. O jurista revelou que ninguém foi ao socorro da embarcação. “O barco encalhou e ninguém veio ao nosso socorro. Algumas pessoas tiveram que pular para o mar e nadar até a terra, enquanto outras socorriam-se com recurso a escadas improvisadas”, disse Waty, ainda transtornado.

As viaturas transportadas pelo ferryboot ficaram retidas até a manhã da quinta-feira.

A embarcação em causa leva o nome de Mpfumu e é a mesma que avariou e ficou no meio do mar por mais de três horas, no domingo passado, causando pânico a centenas de passageiros a bordo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: