BIZARRO

Homem que morreu em 2013 ressuscita a cada noite para ter relações sexuais com sua viúva na RSA

Suposto espírito de um homem que morreu em 2013, terá sido trazido de volta à vida, a fim de ter relações sexuais com a sua esposa.

O incidente estranho tornou-se público em toda a comunidade da aldeia Mvundlana, África de Sul.

A viúva confirmou as alegações, irritando assim a família do homem falecido.

Tudo aconteceu quando o chefe da comunidade convocou “caçadores de bruxas” (curandeiros), para “purificar” a aldeia que havia sido dominada por espíritos maus.

Após a chegada dos caçadores de bruxas na aldeia, falaram a viúva, Siphindile Ncube, que havia um crânio de bebê dentro do túmulo de seu falecido marido. O mesmo é que o fazia levantar dos mortos para fazer sexo com ela.

Por mais estranho que pareça, caro leitor, a esposa confirmou que teve uma visão do referido crânio e que ela tem tido relações sexuais com o falecido marido constantemente.

“Ele morreu em 2013. Desde então, ele tem me atormentando. Eu não fui dormir à noite passada porque sabia que iria voltar para casa e fazer sexo comigo.

Às vezes, ele vem durante o dia. Assim, os caçadores de bruxas vieram aqui e me falaram sobre essa questão, mesmo sem ter compartilhado com ninguém o que tem acontecido comigo”, disse Ncube.

Ncube disse ainda que os caçadores da bruxas explicaram por que é que isso tem acontecido constantemente.

“Eles disseram que não era o crânio de uma criança no túmulo de meu marido. E sempre que o crânio entrasse em contacto com o esqueleto do meu marido, ele desenvolve carne e se levanta, em seguida vem ter relações sexuais comigo “, disse ela.

Em suas próprias palavras, ela disse que tem estado em contacto com o marido, em carne.

“Eu acredito fortemente o que me disseram porque eu tenho visto o meu marido “, acrescentou.

No entanto, ela não vai mais ver o amor de sua vida, por que os caçadores de bruxas queimaram o crânio no túmulo do falecido marido.

O assunto não foi bem recebido pela família do falecido. Dube, Tio do malogrado, disse ter achado que as alegações desses caçadores de bruxas como falsas e relatou o caso à polícia.

Dube levou uma equipe de reportagem para o túmulo onde o crânio foi removido. Ele criticou as práticas que chamou de doentias dos caçadores de bruxas.

“Eu estava vindo da cidade quando eu vi uma multidão de pessoas em volta do nosso cemitério. As pessoas exclamando sobre atos de bruxaria.

Ouvi dizer que eles removeram um crânio. Isso enfureceu-me, porque eles não me consultaram, uma vez que sou um membro sênior da família.

Essas pessoas são mágicos. É uma ofensa criminal. Com isso, relatei a questão a polícia “, disse Dube.

Os três caçadores de bruxas foram detidos por entrada ilegal no Cemitério. Os mesmos só foram libertados depois de pagar uma fiança.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: