ÚLTIMA HORA!

Governo confirma autoria dos ataques contra Dhlakama em Gondola

Depois de muita bate boca, o governo finalmente confirmou a autoria dos ataques a comitiva do líder do maior partido da oposição em Moçambique, Afonso Dhlakama, no passado 25 de Setembro em Zimpinga, no Distrito de Gondola, província de Manica.

Após terem sido escorraçados pelas Forças de Defesa e Segurança e pelos Agentes de Intervenção Rápida, da casa do líder da Renamo, o jornalistas finalmente foram permitidos de entrarem na casa de Afonso Dhlakama.

Dhlakama34

Segundo avançou o semanário Canal de Moçambique, o líder da “perdiz” disse a imprensa que foi cercado porque a FIR queria recuperar três armas que perdeu quando o tentou assassinar no dia 25 de Setembro em Zimpinga.

Afonso Dhlakama entregou as referidas três armas.

Se havia dúvidas, hoje ficou esclarecido que foi mesmo o Governo que tentou assassinar Dhlakama no dia 25 de Setembro.

Dhlakama entregou também as 16 armas que estavam na posse da sua guarda pessoal.

O líder da Renamo exige que os seus homens que foram detidos de manhã seja soltos.

Neste momento os mediadores incluindo o arcebispo da Beira e Manuel de Araújo assinam o termo de entrega das 16 armas da Renamo ao Governo, na presença da governadora de Sofala.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários

  1. Luis disse:

    Nao temos como terminar com estes confrontos. O Povo ira decidir.

  2. Luis Armazia disse:

    Nao temos outra opçao. O povo vai determiner o justo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: